Loading...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Resgate da Espiritualidade da CPT em modulo de formação

De esquerda da direita: Irmã Lucinda Moretti, padre Adriano Vandeven,
 irmãs Lucia  Hertz, Gema Panazzolo, Anaide Barreiros e Elsa Lopes,
agentes da CPT/MS que  participaram ativamente da ocupação Santa
Idalina  em 1984
A Comissão Pastoral da Terra no MS realizou no final de abril, no Centro Social Rural de Indápolis-Dourados o terceiro módulo de formação com o tema História da CPT/Mística e Espiritualidade.

Com diferentes momentos celebrativos, com a presença de jovens e agentes históricos da CPT no MS, a assessoria da formação ficou a cargo do Frei Luciano Bernardi, teólogo e biblista da CPT da Bahia e de Mieceslau Kudlavicz, agente da CPT/MS.

Importantes documentos teóricos foram usados como ferramentas para a reflexão e partilha em grupos de estudo. Alguns deles; “teologia da libertação e teologia do pluralismo religioso”, de José Maria Vigil; “a crise de civilização que assoma e os desafios da Cúpula dos Povos”, de José Correa Leita; texto “sobre as eficácias” de Claudio Perani; “uma espiritualidade para a CPT”, de Sandro Gallazzi e Ana Maria Rizzante, dentre outros.

Um dos momentos importantes do curso de formação foi à apresentação dos depoimentos das pessoas que participaram da ocupação da Gleba Santa Idalina em 1984, a primeira grande luta pela reforma agrária no Estado.

O Curso de formação teve inicio em março de 2011 no intuito de abrir um espaço de reflexão e formação a pessoas interessadas no comprometimento na luta pela reforma agrária. 


O objetivo do mesmo é também buscar uma atuação mais qualificada sobre a conjuntura agrária nacional e estadual e fortalecer o trabalho da entidade junto ao campesinato, estimulando seu protagonismo.

Nenhum comentário: