Loading...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Dom Paulo Evaristo Arns expõe seu trabalho no Memorial de Curitiba






"Os caminhos de Dom Paulo em São Paulo", de Douglas Mansur, estará em cartaz até o dia 23 de outubro, em comemoração aos 90 anos de Dom Evaristo


Mansur acompanhou como fotógrafo grande parte da trajetória de Dom Paulo Evaristo Arns, mostra o trabalho desenvolvido pelo cardeal junto às comunidades (foto: Reprodução)

O Memorial de Curitiba apresenta, a partir desta sexta-feira dia 16 de setembro, a exposição "Os caminhos de Dom Paulo em São Paulo", do repórter fotográfico Douglas Mansur. Com uma coletânea de 55 imagens, Mansur acompanhou como fotógrafo grande parte da trajetória de Dom Paulo Evaristo Arns, mostra o trabalho desenvolvido pelo cardeal junto às comunidades eclesiais de base, negros e indígenas.

A exposição permanecerá em cartaz até 23 de outubro, em comemoração aos 90 anos de vida e doação de Dom Evaristo, completados no último dia 14.

Dom Paulo Evaristo Arns é uma das lideranças religiosas mais expressivas no Brasil, que atualizou o carisma franciscano em sua própria vida e na luta pelo fim da desigualdade social. Combateu a ditadura militar, agiu em favor das vítimas da repressão e tornou-se o bispo da defesa dos direitos humanos, dos pobres e excluídos.

Incentivou a formação e o fortalecimento das CEBs e ressaltou que a fé católica deve ser feita pelo povo, nas ruas, e não somente nos templos.

Nascido em Forquilhinha (SC), Dom Paulo Evaristo foi consagrado bispo em 1966 e elevado a arcebispo em 1970. Permaneceu à frente da Arquidiocese de São Paulo até 1998. Hoje, vive na simplicidade franciscana em Taboão da Serra-SP, na Congregação Franciscana da Ação Pastoral. Irmão de Zilda Arns Neumann e é cofundador da Pastoral da Criança.

Douglas Mansur atuou como repóter fotográfico do jornal da Arquidiocese de São Paulo. Atualmente é professor e membro do Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Interlagos (SP).

É diretor da ARFOC-SP (Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de São Paulo), do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo e da In Câmera Centro de Documentação e Memória. Recebeu em agosto de 2008 o título de Cidadão Paulistano pela sua relevante contribuição aos movimentos sociais da cidade de São Paulo.

Serviço:


Local: Memorial de Curitiba

Endereço: Rua Claudino dos Santos, 79 – Centro Histórico

Data e horário: de 16 de setembro a 23 de outubro de 2011 (terça a sexta-feira), das 9h às 12h e das 13h às 18h.

Nenhum comentário: