Loading...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Líder rural ganha prêmio Bertha Lutz

Carmen Foro foi uma das cinco escolhidas pelo Senado Federal para receber o prêmio Bertha Lutz de 2010

A secretária de Meio Ambiente da CUT e secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Contag, Carmen Foro, foi uma das cinco escolhidas pelo Senado Federal para receber o prêmio Bertha Lutz de 2010. O prêmio tem por objetivo homenagear mulheres de todo o país que tenham prestado relevantes serviços na defesa dos direitos femininos e em questões de gênero.

Será a primeira vez que uma trabalhadora rural recebe essa homenagem do Senado Federal. Carmen representa a luta das milhares de mulheres trabalhadoras rurais do campo e da floresta.

O prêmio Bertha Lutz foi instituído pela Mesa do Senado em 2001 para homenagear as mulheres de luta e colocar na ordem do dia a história da líder feminista Bertha Maria Júlia Lutz.


Direito de votar
Bertha Lutz nasceu em São Paulo, em 2 de agosto de 1894. Era filha da enfermeira inglesa Amy Fowler e do cientista e pioneiro da Medicina Tropical Adolfo Lutz. Foi uma guerreira na luta pelos direitos políticos das mulheres brasileiras, responsável direta pela aprovação da lei que concede à mulher o direito de votar e ser votada. A história de Bertha, assim como a de tantas outras mulheres, deve servir de exemplo para as novas gerações.

A entrega do prêmio será em março deste ano, durante sessão solene pelo Dia Internacional da Mulher.


Quem é Carmen
Carmen Helena Ferreira Foro é filha de lavradores, nascida em 1966, na zona rural da cidade de Moju, na região de Tomé-Açu, nordeste do Pará. Aos 15 anos, migrou com sua família para Igarapé Miri já na condição de agricultora familiar. Lá, militou nas Comunidades Eclesiais de Base e no Sindicato de Trabalhadores Rurais, inicialmente na condição de dependente da inscrição sindical de seu pai.

Em 1990 conquista o direito a sua própria filiação sindical, para, já no ano seguinte, dirigir o sindicato.

Em 1996 chega à Direção da CUT estadual e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará - Fetagri, assumindo a recém criada Secretaria de Mulheres Trabalhadoras Rurais e a de Políticas Sociais em seguida.

Em 2003 chega a CUT nacional como voz autêntica do campo.

Em 2005 chega a Contag - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura, com a missão de coordenar uma verdadeira nação de mulheres do campo e da floresta.

Carmen é mãe de cinco filhos.

Nenhum comentário: