Loading...

terça-feira, 29 de julho de 2008

Carta do 6º Encontro das CEBs para Agentes Ordenados, Religiosos(as), Seminaristas e Aspirantes à Vida Consagrada


Carta do 6º Encontro das CEBs para Agentes Ordenados, Religiosas (os), Seminaristas e Aspirantes à Vida Consagrada

“Na experiência Eclesial de algumas Igrejas da América Latina e do Caribe, as Comunidades Eclesiais de Base têm sido escolas que têm ajudado a formar cristãos comprometidos com sua fé, discípulos e missionários do Senhor, como o testemunha a entrega generosa, até derramar o sangue, de muitos de seus membros. Elas abraçam a experiência das Primeiras Comunidades, como estão descritas nos Atos dos Apóstolos (At 2, 42-47). Medellín reconheceu nelas uma célula inicial de estruturação eclesial e foco de fé e evangelização” ( 178 Documento de Aparecida)

Ao Povo da Caminhada:


No calor do Paulistão das CEBs realizado nos dias 19 e 20 de julho nos reunimos dos dias 21 a 23, ainda em Campinas para refletir nossa caminhada nesse período pós Aparecida. Somos quarenta e oito pessoas vindas de diferentes lugares de nosso Estado e com diversos ministérios: bispo, padres, seminaristas, religiosos e religiosas, aspirantes à vida religiosa e alguns leigos e leiga da equipe de trabalho.
Com a ajuda de nosso assessor Pe. Nelito Dornelas, secretário executivo do Mutirão de superação da Miséria e da Fome da CNBB, e recordando o convite do Concílio EcumênicoVaticano II de voltar as fontes, vimos a pré-história das CEBs com tantas pessoas que ajudaram no germinar das Comunidades Eclesiais de Base. Germinar iluminado e regado com a Palavra de Deus.
Muito nos alegramos com toda luta e toda história de nossas comunidades. Continuamos na caminhada, nossas comunidades estão vivas e o Documento de Aparecida reconhece nossa existência e legítima nossa presença na Igreja do Brasil e de todo este Continente da Esperança.
Celebramos dias muito ricos, partilhamos nossos trabalhos, anseios, lutas e angústias. Cirandamos na ciranda da vida, conversamos a beira do lago, confraternizamos sob a luz da lua, ao ritmo da boa musica e aquecidos pelo calor das brasas do churrasco.
Na Eucaristia fomos iluminados e iluminadas pelo testemunho e anuncio de Maria Madalena, Anunciadora do Senhor Ressuscitado. Uma vez mais fomos convidados pelo Emanuel a ser Eucaristia para o Mundo, fazer tudo que ele fez para que isso seja possível, Eucaristia nas alegrias da vida, Eucaristia no martírio e nas lutas, para que haja Ressurreição.
É chegada a hora de firmar os pés na Palavra de Deus, refazer ou fortalecer a ligação Bíblia e Vida para que nossas comunidades sejam verdadeiramente nutridas pelo Testemunho das Primeiras Comunidades e pelo próprio Verbo de Deus, que está no meio de nós! Este é o caminho apontado também pela Conferência de Aparecida, por meio de seu incentivo a Leitura Orante da Bíblia. Aqui desejamos agradecer os círculos bíblicos, os grupos de rua, os grupos de reflexão, grupos de vivência, os grupos de quarteirão e ao CEBI que mantém viva a Palavra de Deus em nosso meio. Nosso incentivo e gratidão aos animadores e animadoras desses grupos, que como as mulheres na manhã da Ressurreição e os discípulos de Emaús no final da tarde, saíram as pressas anunciar a Boa Nova.
Temos muito a caminhar, temos muito a responder para o mundo, os documentos nos ajudam, mas, a vida é muito mais desafiadora, juntos e juntas temos que construir “O Outro Mundo possível”, formando redes com movimentos sociais e todas as organizações dispostas a defender a vida. Nessa luta podemos contar com Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, SJ, já ressuscitado, que partilhou conosco por meio de um vídeo no qual relata todo processo da 43ª Assembléia Geral da CNBB.
Reafirmamos nossa opção preferencial pelos pobres, pois só assim seremos verdadeiramente seguidores e seguidoras do Caminho. Queremos a cada dia mais crescer no cuidado com a Mãe Terra, pois só assim será possível a existência da nossa e das futuras gerações.
Louvamos ao Deus Pai e Mãe pela presença de tantos jovens em formação, mas, também sentimos a falta de muitos irmãos e irmãs ausentes que esperamos poder encontrar numa próxima oportunidade para ajudar a partilhar as responsabilidades na animação do Povo de Deus.
Continuamos na Caminhada e na Construção de Comunidades Eclesiais e Ecologias de Base nos campos e nas cidades. Seguimos para o 7º Encontro nos dias 28 a 30 de julho de 2009 em Promissão, SP, com o tema: “Renovação e Atualização das CEBs em seu chão na atual mudança de época”, com o compromisso de realizar uma pesquisa de campo sobre a nossa realidade – como nós CEBs estamos caminhando? E Fortalecer, reanimar, o movimento bíblico que contemple fé e vida nas comunidades numa perspectiva ecológica. Prosseguimos refletindo e tecendo as redes de solidariedade, alimentando sonhos, cultivando a vida e celebrando o Novo Céu e a nova Terra que tanto esperamos.

Campinas, 23 de julho de 2008.

Um horizonte novo

“Somos um povo que
Canta, dança e reza
Isto por quê?

Porque queremos Sonhar
Acreditar na luta
da gente.

Porque somos irmãos
De mãos dadas e
Levantadas.

Para gritar pelo Mundo
Olhar pelo cego
Andar pelo Coxo.

Isso por que a comunidade
É um berço da verdade
Que luta por: Um Horizonte Novo!!!”

Marcos Antônio F. Mendes
Presidente Prudentes - SP

Nenhum comentário: