Loading...

sábado, 14 de julho de 2012

“CEBs Capixabas: Justiça e Profecia à Luz do Concílio Vaticano II”

COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE CAPIXABAS (CEBs) REALIZAM SEMINÁRIO EM JERÔNIMO MONTEIRO – DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM
Ao iniciar as comemorações dos 50 anos do 21º Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965) as Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) das quatro dioceses do Espírito Santo realizam entre os dias 20 a 22 de julho, na cidade de Jerônimo Monteiro, Diocese de Cachoeiro do Itapemirim um Seminário de estudo.
Com o tema “CEBs Capixabas: Justiça e Profecia à Luz do Concílio Vaticano II” aproximadamente 250 delegados das diversas comunidades e paróquias do estado estão sendo esperados e se reunirão de 6ª feira a domingo (de 20 a 22 de julho) em Jerônimo Monteiro. O Seminário acontece depois das CEB’s avaliarem a caminhada pastoral de cada diocese a partir dos 4 principais documentos do Concílio Vaticano II. Essa avaliação aconteceu neste primeiro semestre de 2012.
Os principais documentos aprovados pelo Concílio Ecumênico Vaticano II são chamados de Constituições Dogmáticas e foram assim denominadas: Lumen Gentium (LG = sobre a Igreja); Sacrosanctum Concilium (SC = sobre a renovação da Liturgia); Dei Verbum (DV = sobre a Revelação de Deus pela Palavra Sagrada) e Gaudium et Spes (GS = sobre a atuação da Igreja no mundo).
O Seminário contará com a presença de leigos e leigas, presbíteros e bispos das dioceses capixabas e terá a assessoria do Teólogo salesiano Pe. Cleto Caliman, além dos Coordenadores de Pastoral de cada diocese.
Os participantes deste seminário fazem esse estudo agora visando também a participação no 10º Encontro Estadual de CEB’s, em 2013 (também em Cachoeiro de Itapemirim) e o 13º Encontro Intereclesial de CEB’s, que acontece em janeiro de 2014, Juazeiro do Norte, Diocese do Crato, CE, terra do famoso Padim Padre Cícero Romão Batista.
As Comunidades Eclesiais de Base Capixabas se antecipam e mantem assim a comunhão com a Igreja no Brasil e o Papa Bento XVI, que em outubro irá abrir o Ano da Fé para abrir as comemorações do Cinquentenário do Concílio Vaticano II.

Nenhum comentário: