Loading...

sexta-feira, 11 de maio de 2012

OPA denuncia patrocinadora de Olimpíada do trabalhador em Aracati

O 1º de maio, dia do trabalhador, em Aracati, teria sido apenas de festa e comemoração, não fosse à intervenção da Organização Popular – Aracati, que fez uma forte denúncia contra a Syngenta, uma das patrocinadoras das Olimpíadas do trabalhador de Aracati. “A Syngenta é uma das maiores empresas do mundo no ramo do agronegócio. Produz sementes transgênicas e agrotóxicos, dentre outros produtos nocivos à vida”, esclarece o panfleto distribuído pela OPA.
O panfleto ainda denuncia a morte do trabalhador Valmir Mota de Oliveira, Paraná, que foi alvejado com balas, no dia 27 de outubro de 2007, quando protestava contra a existência de laboratório de sementes transgênicas da empresa Syngenta. Segundo a OPA, “a Syngenta que assassina e mutila trabalhadores e trabalhadoras Brasil afora, é a mesma Syngenta que se disfarça de amiga ao patrocinar eventos na semana do trabalhador em Aracati.”
Para os coordenadores, a intervenção promovida pela OPA nesse 1º de maio causou impacto na sociedade de Aracati. “Conseguimos alcançar o nosso objetivo de alertar o povo sobre a Syngenta e mostrar para a sociedade que estamos lutando por nossos direitos. Somos pequenos, mas temos um pensamento bom: lutar pela justiça.”
 
Missionário Julio Ferreira 
 

Nenhum comentário: