Loading...

sábado, 7 de abril de 2012

Crer no Ressuscitado é resistirmos a aceitar que nossa vida é somente um pequeno parêntese entre dois grandes vazios.


Cidadãos gregos improvisam um altar no lugar onde se suicidou Dimitris Christoulas, farmacêutico aposentado de 77 anos. "Sou aposentado. Não posso viver nestas condições. Nego-me a catar comida no lixo. Por isso decidi colocar fim à minha vida", dizia a mensagem que ele trazia no bolso. Foto: J. Kolesides

A leitura que a Igreja propõe neste domingo é o Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20, 1-9 que corresponde ao Domingo de Ressurreição, ciclo B do Ano Litúrgico. O teólogo espanhol José Antonio Paola comenta o texto.

Eis o texto

Mistério de esperança

Crer no Ressuscitado é resistirmos a aceitar que nossa vida é somente um pequeno parêntese entre dois grandes vazios. Apoiando-nos em Jesus Ressuscitado por Deus, intuímos, desejamos e cremos que Deus está conduzindo até a verdadeira plenitude o anseio de vida, de justiça e de paz que se encontra no coração da Humanidade e da criação inteira.

Crer no Ressuscitado é opor-nos com todas nossas forças a que essa imensa maioria de homens, mulheres e crianças que ao longo de sua vida tem conhecido somente a miséria, a humilhação e os sofrimentos, fiquem esquecidos para sempre.

Crer no Ressuscitado é confiar numa vida onde já não haverá pobreza nem dor, ninguém ficará triste e ninguém precisara chorar. Veremos assim aqueles que chegam a sua pátria verdadeira.

Crer no Ressuscitado é nos aproximar com esperança a tantas pessoas sem saúde, aos enfermos crônicos, aos deficientes físicos e psíquicos, às pessoas arrasadas pela depressão, que estão cansadas de viver e de lutar. Um dia elas conhecerão o que significa viver em paz e com saúde total. Escutarão as palavras do Pai que lhes disse: “Entra para sempre na alegria do teu Senhor”.

Crer no Ressuscitado é não resignarmos a que nosso Deus seja para sempre um “Deus oculto” de quem não é possível conhecer sua mirada, sua ternura e seus abraços. Encontrar-lhe-emos encarnado para sempre com toda sua glória em Jesus.

Crer no Ressuscitado é confiar em que nossos esforços por um mundo mais humano e feliz não ficarão no vazio. Um dia bendito, os últimos serão os primeiros e as prostitutas nos precederão no Reino.

Crer no Ressuscitado é saber que todo o que ficou pela metade, o que não aconteceu, aquilo que nós temos estragado pelo nosso pecado, tudo isso atingira em Deus a sua plenitude. Nada daquilo que temos vivido no amor ou daquilo que temos renunciado por amor ficará no esquecimento.

Crer no Ressuscitado é esperar que as horas alegres e as experiências tristes, as pegadas que temos deixado nas pessoas e nas coisas, o que temos construído ou desfrutado generosamente, fique transfigurado. Já não conheceremos a amizade que acaba nem a despedida que nos deixa tristes. Deus será todo em todos.

Crer no Ressuscitado é acreditar que um dia escutaremos estas inacreditáveis palavras que o livro do Apocalipse coloca na boca de Deus: “Eu sou a origem e o fim de tudo...Aquele que tenha sede eu lhe darei grátis o manancial da água da vida”. Já não haverá morte nem pranto, nem gritos, nem fatigas porque todo isso terá passado

Noticia por email de Nivaldo Aparecido Silva

Nenhum comentário: