Loading...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Natal 2011, Ano Novo 2012 - Pedro Casaldaliga


Com um abraço e na Esperança

Pedro




Natal, um Natal outro:

para descobrir, acolher e anunciar

o Deus-conosco, hoje, aqui:

segundo Mateus, capítulo 25.

Quem se entende com os pobres

pode-se entender com Deus.


Somente assim, feito criança,

feito Deus vindo a menos,

poderíamos te encontrar,

diariamente nosso,

entre Belém e a Páscoa,

Jesus, o de Nazaré.


Ano Novo, Tempo Novo, alternativo,

na Política, na Economia, na Religião.

Contra os grandes projetos de morte,

o grande projeto da Vida.

Contra o consumismo depredador

entre as armas e agrotóxicos,

consumamos indignação

com ternura e rnilitância.

Vivamos em Sumak Kawsay.


Terra e Paz para o Povo Palestino,

para o Povo Kaiowá Guarani,

para todos os povos indígenas e quilombolas,

para todas as migraçôes do mundo.

para o bilhão de gente humana

condenada à fome...


Apesar de todas as crises,

se podemos balouçar a Deus

entre os braços de Maria e José,

não há motivo para ter medo.

Deus está ao alcance

da nossa Esperança.

Nenhum comentário: