Loading...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Besouros invadem cidade, suspendem novenas e causam transtornos no Piauí

Moradores de São João do Piauí (a 441 km de Teresina) estão há uma semana sofrendo com uma praga de besouros que infestou as ruas e os prédios da cidade. Até as novenas tiveram que ser suspensas na zona rural do município. Nem Igreja Matriz de São João Batista escapou.

Segundo o padre Alaércio de Carvalho Souza, a infestação dos besouros começou depois que caiu uma forte chuva, na madrugada do dia 12. Desde lá, os insetos vêm causando sérios transtornos a toda população.


Uma praga de besouros invadiu a cidade de São João do Piauí (a 441 km de Teresina); até as novenas tiveram que ser suspensas na zona rural do município

“Os besouros mordem e deixam um líquido ácido, que queima como fogo. A cidade está completamente infestada deles, que, além de picar as pessoas, deixam um mau cheiro”, contou o pároco, afirmando que há uma semana vem lutando para diminuir a praga de besouros na igreja.

Os besouros que infestaram o município são chamados de besouros cascudos, têm a coloração preto com verde metálico e medem de 1 cm a 1,5 cm de comprimento.

“Recolhemos uns 10 baldes de besouros e botamos fogo em todos, mas não sei o que acontece que à noite eles minam de todos os buracos. De dia, a cidade fica um mar de besouros. A gente passa o dia varrendo e no dia seguinte mais besouros aparecem”, disse o padre.

Segundo Souza, a infestação de besouros vem atrapalhando as celebrações de novenas nas comunidades rurais, pois “fica impossível rezar com uma nuvem preta de besouros voando e nos atacando.”

“Eu nunca vi nada igual. Moro há 35 anos na cidade e nessa época é comum aparecer besouros, mas nesta quantidade eu nunca vi”, disse a aposentada Maria Fernanda da Silva, 63.

Ela contou que a preocupação maior dos moradores é com as crianças, principalmente os bebês. “Minha netinha de 4 meses de vida esta toda picada nas pernas e nos braços, mesmo a gente usando o mosquiteiro para proteger o berço. Os besouros encostam no mosquiteiro e quando ela encosta dormindo recebe a picada.”

Prefeitura aumenta limpeza

A Prefeitura de São João do Piauí informou ao UOL Notícias que intensificou a limpeza do município para tentar minimizar a quantidade de besouros. A Secretaria de Comunicação atribuiu a praga ao desmatamento de áreas rurais e ao lixo jogado desordenadamente em áreas públicas.

Segundo o secretário de Comunicação, Osmar Lopes Junior, a Secretaria de Saúde, Saneamento e Meio Ambiente está realizando ações de orientação nos postos de saúde para a população se previna das picadas dos besouros.

“Eles não causam doenças perigosas. Causam um mal-estar pela queimadura. Nesse período de chuvas, as pessoas devem evitar jogar lixo nas ruas e esperar a coleta passar para despejar os restos. Orientamos também que usem mosquiteiros para se prevenirem das picadas”, informou.

Falta de predadores

Segundo a UESPI (Universidade Estadual do Piauí), a praga de besouros que infestou São João do Piauí ocorre devido a um desequilíbrio ambiental, com a deficiência de predadores naturais na cadeia biológica dos insetos.

O laboratório de biologia da UESPI explicou uma das possíveis causas é a poluição das águas do rio Piauí, que acarretou no desaparecimento dos anfíbios, que são sensíveis aos agentes poluentes.

Segundo o laboratório, a poluição faz um efeito dominó em toda a cadeia, com a escassez de girinos (filhotes de sapos) e sapos e o aumento de insetos, que estão se reproduzindo sem o controle natural.


Aline Gama

Nenhum comentário: