Loading...

sábado, 19 de novembro de 2011

Envelhecer sendo "novo", crescer ficando "pequeno"


Como envelhecer ficando novo? Crescer ficando pequeno? Algumas pessoas são assim. Nunca parecerão grandes. Não se vestem como grandes e não falam com grandeza, muito menos propagam grandes feitos. É que pessoas assim grandes, grandes mesmos permanecem pequenas. Já aprenderam muito, mas querem aprender mais, bem mais que ensinar. Preferem sempre ouvir, caminhar ... Assim é frei Carlos.

Lembro-me a primeira vez que vi frei Carlos. Conhecê-lo mexeu comigo. Me fez pensar sobre tantas coisas que havia aprendido sobre crescer e ser grande. Você, frei Carlos foi como "uma siro-fenícia" no meu caminho. Seu grito silencioso de vida me virou do avesso. E como você mesmo diz o "avesso é o lado certo".

Lembro quando falei para minha comunidade desse encontro com frei Carlos. Dizia: Encontrei alguém que como Jesus. É um frei católico do CEBI. "Ele fala com autoridade". Sua vida, sua simplicidade, sua mística me ajudaram a voltar diferente para casa. Uma centelha de mais fé se acendeu na minha vida.

Frei Carlos , sua vida me inspira, renova e fortalece, mas também faz denúncia da minha covardia em viver um discipulado capaz de deixar a casa, as redes para caminhar com os pobres.

Sei que existem outras pessoas aqui e em outros lugares como você, mas quero agradecer a Deus, hoje, especialmente por você, frei Carlos, pelo privilégio de encontrá-lo no caminho.

Você tem enriquecido não somente a minha vida, mas também a minha comunidade de fé, que através dos seus ensinos tem aprendido a ler a Bíblia de um jeito novo e sido desafiada a andar com Jesus na contramão.

Receba o meu abraço que é meu de toda Igreja Batista do Pinheiro e Aliança de Batista do Brasil.

(Frei Carlos Mesters)

Pastora Odja Barros.

Nenhum comentário: