Loading...

domingo, 23 de janeiro de 2011

Ceará prepara-se para acolher a II Ampliada Nacional de CEBs em preparação ao 13° Intereclesial

Companheiros e companheiras da caminhada!

Movidos pela compaixão e pela solidariedade, diante das tragédias ocorridos em São Paulo, Minas Gerais e principalmente na região serrana do Rio de Janeiro, somos convocados mais uma vez pela caminhada das CEBs, a participar de mais uma ampliada.
Estamos contentes e já nos preparando para recebê-los. Esperamos que já estejam arrumando as malas para ficar conosco nos dias 27 a 29 de janeiro. Mas estamos esperando todos no dia 26 quando haverá uma reunião com a coordenação e assessores do encontro, e a volta será dia 30.
Aqui está quente, mas estamos entrando na época chuvosa e aí esfria um pouco, o clima fica gostoso.
Não deixe de colocar na bagagem os seus objetos pessoais, tais como toalha, um lençol e outros. Foi combinado que os regionais apresentem o cartaz para a escolha entre os membros na ampliada. Temos uma programação muito extensiva, mas faremos um passeio cultural na manhã de sábado visitando o memorial do Patativa do Assaré e a casa da memória do homem cariri em Nova Olinda, onde se pode comprar artesanato de couro de seu Espedito Seleiro *. Traga uns trocados a mais. No encerramento do encontro, no sábado a noite, faremos o lançamento da oração pelo 13º Intereclesial, juntamente com representantes das comunidades, no Santuário Eucarístico na cidade de Crato.
Gostaríamos que vocês comunicassem o horário da chegada para mim, Gelmar, no endereço do secretariado intereclesialcrato@yahoo.com.br e Batista. Socialize conosco os e-mail. Pois, somos uma equipe e precisamos nos articular melhor para esperar a cada um no aeroporto ou rodoviária.
A luz que clareia os caminhos da America Latina nos mergulhe no mistério de Cristo, para avançarmos na dinâmica de construção do Reino.

Saudações a todos e a todas!


Pe. Vileci Basílio Vidal

Crato, 21 de janeiro de 2011







*

Sertanejo fashion. A imagem pacata não denuncia, mas Expedito Seleiro, artesão de Nova Olinda, já teve suas sandálias e bolsas de couro em desfile na São Paulo Fashion Week, em filmes como Dois Filhos de Francisco e na minissérie Amazônia. A mais famosa de suas peças, no entanto, foi uma sandália encomendada por Lampião a seu pai. Retangular, seu rastro não revelava para onde fora o temido cangaceiro.

Nenhum comentário: