Loading...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Dom Pedro Casaldaliga


Segue abaixo uma homenagem de Paulo Suess, assessor teológico do Cimi, a Casaldáliga.


Homenagem a Dom Pedro
80 anos ultraleve de Deus


Profeta, posseiro
do tempo que aras
com pena de poeta
e asas de ultraleve.

Missionário místico,
maracá do Reino,
mártir de raspão,
testemunha sempre.

Peregrino das Américas,
veleiro em alto-mar
onde paz e tempestade
se abraçam no perdão.

Sinal de contradição,
sino de esperança
desde o mundo indígena
badalando indignação.

Irmão dos pobres,
raiz com asa
cata-vento de Deus
romeiro sem casa.

Trigo perdido
na margem do Araguaia
utopia nas encruzilhadas
da memória do povo.

Apareceste entre os humanos
em tempo de vacas magras,
lutaste para virar o mundo,
ao avesso, para todos.

Trocaste a carreira pelo Caminho,
a correria pela caminhada,
o grito pela canção -
Quixote e Macunaíma.

Lutaste por terra para viver,
sonhaste vinho para todos
e pão - como tua vida -
consagrado, repartido.

Das pedras fizeste
caminhos e pontes,
das perdas e dores
novos horizontes.

Pedro, divina energia
pedra preciosa
dom de Deus,
presente, Eucaristia.

Nenhum comentário: