Loading...

terça-feira, 31 de julho de 2012

Carta do 10º Encontro CEBs Sul1 de Consagrados e Ordenados

Aos irmãos e irmãs presentes na caminhada das CEBs no estado de São Paulo. Nas terras calçadistas, na cidade de Franca. A diocese de Franca, os Freis Agostinianos e a comunidade da Capelinha nos acolheram com bastante alegria para vivermos nos dias 17, 18 e 19 deste mês o 10º encontro dos consagrados e ordenados, onde estudamos o tema: Espiritualidade das CEBs e os desafios no mundo do trabalho.

Iniciamos nossas atividades com a ajuda dos nossos companheiros das CEBs da diocese de Franca mostrando toda a realidade deste chão em que pisamos, onde pudemos ver e sentir como o dinamismo das coisas vai acontecendo. E vimos como as CEBs continuam firmes em suas comunidades.
Começamos vendo os elementos fundamentais das CEBs, principalmente o centro de nossa evangelização que é o próprio Jesus Cristo e por isso nós devemos ser cristãos comprometidos. E as CEBs estão ligadas aos pastores por serem eclesiais, estamos dentro de uma igreja universal e com isto elas estão muito integradas no mundo do trabalho.
Foram apresentados vários desafios diante do mundo do trabalho, com filmes e algumas realidades vividas por alguns participantes deste encontro, e diante destas situações neste ambiente, fomos convidados como Igreja a darmos respostas a esses desafios que vivemos.
Depois de muitas reflexões feitas através da palavra de Deus, alguns documentos da Igreja e documentos de sociologia e economia sobre o trabalho, vimos que realmente precisamos não só refletir sobre esta realidade, somos chamados a lutar por um mundo mais digno para todos. E o que nos chamou muito a atenção foi ter feito visitas em algumas fábricas de confecções de sapatos, onde podemos ver a diferença das grandes e pequenas empresas e por fim, a empresa doméstica.
Diante te tantas riquezas que tivemos neste encontro, agora somos chamados a continuar dando testemunhos desta espiritualidade libertadora de Jesus Cristo, pois ele nos impulsiona nesta missão de cristãos comprometidos. E com isso confrontamo-nos com a realidade globalizante na qual vivemos.
Sigamos nossa missão sobre a proteção de Nossa Senhora Aparecida, Santo Agostinho e Padre Cícero. Amém, Aché, Auere, Aleluia, Uai.

Nenhum comentário: