Loading...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Padre Sávio Corinaldesi: 50 anos de vida sacerdotal

No sábado, 15/10, o secretário nacional da Pontifícia União Missionária e São Pedro Apóstolo, padre Sávio Corinaldesi, 75, completou 50 anos de vida sacerdotal, data comemorada 18/10, na sede nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM), em Brasília. Participaram do momento os funcionários da entidade e a Fraternidade Charles de Foucauld, a qual padre Sávio pertence. A celebração eucarística teve lugar na capela das POM, às 11h, e a confraternização ao meio-dia com um almoço.

Padre Sávio pertence à Congregação dos Missionários Xaverianos. Ele chegou ao Brasil com 32 anos de idade, portanto, em 1968, com o objetivo específico dos religiosos de sua Congregação: “viver e anunciar o Evangelho”. É o que padre Sávio tem feito desde então no Brasil.

Antes de atuar nas POM, o missionário trabalhou nas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), na Pastoral Diocesana de Abaetetuba (PA), na Pastoral das Comunidades da Transamazônica (prelazia do Xingu), foi diretor do Centro de Formação Intercultural (Cenfi), em Brasília, foi pároco da catedral de Abaetetuba, na paróquia de Moju (PA), responsável do secretariado diocesano de Pastoral de Abaetetuba, responsável do Centro de Pastoral da prelazia do Xingu (PA), diretor espiritual de cursilhos no Pará e superior dos Xaverianos no Regional Brasil Norte. Está nas POM desde 2002, onde já foi também secretário nacional da Infância e Adolescência Missionária (IAM).

Na Itália, sua terra natal, padre Sávio estudou no Seminário Regional de Fano. Ingressou na Congregação dos Missionários Xaverianos em 1959 e sua primeira profissão dos votos aconteceu em 1960, tendo completado seus estudos em teologia no Instituto dos Missionários Xaverianos e sua ordenação sacerdotal em 15 de outubro de 1961. Seu primeiro campo de trabalho foi na Espanha, onde por seis anos atuou na Animação Missionária.

Dono de um conhecimento vasto na dimensão teológica-missionária, padre Sávio publica artigos em jornais, revistas e sites missionários do Brasil e do exterior. Perguntamos ao superior dos Xaverianos do Regional Brasil Norte, padre Zezinho Leoni, 71, que veio ao Brasil junto com padre Sávio em 1968, o que significa o trabalho do aniversariante para a Igreja no Brasil e ele respondeu: “A resposta a esta pergunta encontra-se na estima e no apreço pela pessoa do padre Sávio que fala com autoridade porque vive generosamente o anúncio por ele proclamado”.

Parabéns, padre Sávio, por esta data tão importante. Estes são os votos da família Pontifícias Obras Missionárias (POM).

Homenagens a padre Sávio Corinaldesi

Fulvio Costa

Nenhum comentário: