Loading...

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Nota de repúdio da CPT Ceará às agressões verbais e ameaças de agressão física

Nota de repúdio da CPT Ceará às agressões verbais e ameaças de agressão física ao companheiro Francisco Silva Filho (Chiquinho)

Coordenador Diocesano das CEBs de Sobral/CE foi vítima de preconceito e discriminação com ameaça física pelo presidente do Conselho de Saúde de Sobral

“Quem diz ao seu irmão: ‘imbecil’... quem chama o irmão de ‘idiota’, será réu em juízo” (cf. Mt 5, 22)

A Coordenação e Secretariado da CPT Ceará recebeu com profunda indignação a notícia de que o agente da CPT da Diocese de Sobral, Francisco Silva Filho, conhecido por “Chiquinho”, sofreu agressões verbais e ameaça de agressão física pelo Sr. Francisco Anastácio, presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Sobral.
Chiquinho, conselheiro do CMS de Sobral, participava, na noite do dia 26 de maio, de uma pré-conferência em preparação VI Conferência Municipal de Saúde de Sobral, quando foi abordado pelo Sr. Francisco Anastácio de forma agressiva e preconceituosa, postura essa por demais inadequada para o presidente de um Conselho representativo da sociedade civil e poder público.
Agente da CPT, da PJMP e CEBs, Chiquinho é uma pessoa que assume seus compromissos com seriedade e não negligencia no cumprimento de suas responsabilidades. Conhecemos seu caráter e sua capacidade para exercer o cargo de conselheiro municipal de saúde, bem como de representante das comunidades, já que sua atuação pastoral junto às comunidades periféricas de Sobral é notável e louvável.
O Sr. Francisco Anastácio, em suas agressões verbais preconceituosas, além de chamá-lo de “moloque”, dirigiu-se a este companheiro chamando-o de “suburbano”, não simplesmente pelo fato de Chiquinho ter sua origem na periferia, mas como forma preconceituosa de referir-se aos pobres que residem nas comunidades periféricas de Sobral. Repudiamos totalmente as atitudes deste senhor que, além de preconceituoso, não tem o preparado e o equilíbrio para presidir um conselho municipal responsável por acompanhar e tomar posições sobre os serviços públicos municipais de saúde.
Repudiamos toda forma de preconceito e injustiça e acreditamos que seja urgente e necessária uma retratação por parte do Sr. Francisco Anastácio por suas atitudes violentas e preconceituosas para com este companheiro da CPT da Diocese de Sobral. Ainda, é necessário que os conselheiros municipais de saúde, a Secretaria de Saúde do Município, a Câmara de Vereadores, o Gestor Municipal e outros órgãos competentes avaliem com seriedade as atitudes do Sr. Francisco Anastácio e revejam sua permanência na presidência do CMS, pois acreditamos que, para os bons resultados da atuação do Conselho no município, ele não pode ser guiado por uma pessoa com atitudes agressivas e desequilibradas.
Se a cabeça não pensa, todo o corpo padece. Já disse Jesus: “Toda árvore boa produz frutos bons e toda árvore má produz frutos maus. Toda árvore que não der bons frutos, será cortada e jogada no fogo” (Mt 7, 18-19)

Fortaleza, 02 de junho de 2011
A Coordenação e Secretariado da CPT Ceará


Fonte: Se Avexe não!

Nenhum comentário: