Loading...

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Congresso Missionário

Missionários de todo o Brasil chegam em Aparecida para o Congresso

Aparecida, Assessoria de Imprensa do 2° CMN
O Santuário Nacional de Aparecida, está preparado para receber mais de 600 inscritos no 2° Congresso Missionário Nacional.

A “Missa de Abertura” às 16h, presidida por Dom Sérgio Castriani, bispo da Prelazia de Tefé, AM e presidente do Comina – Conselho Missionário Nacional, marca o início do evento no feriado do trabalhador. Em seguida, no auditório localizado no subsolo do Santuário, acontece a Cerimônia de Abertura.
O congresso segue uma metodologia missionária. Hoje é o dia do Caminho feito para chegar até local como povo peregrino, caminhante, na simplicidade e na pobreza e na busca do definitivo. Segundo os organizadores, o missionário vive a espiritualidade do caminho. Jesus dá-se a conhecer caminhando (cf. Lc 24,15), justamente porque Ele é o Caminho (Jo 14,6).

Amanhã, dia 2 de maio, será o dia do Encontro. Na parta da manhã acontecem três conferências com a colaboração dos assessores, padres Paulo Suess, Agenor Brighenti teólogos da Missão, e o frei Santiago Ramirez, da Comissão Teológica do CAM 3–Comla 8, vindo de Quito – Equador. Na parte da tarde os trabalhos prosseguem no Colégio do Carmo em Guaratinguetá, com onze “Mutirões” de aprofundamento sobre diferentes temas relacionados à missão. O local abriga também uma exposição de artigos religiosos, publicações e produções.

No dia 3 de maio, sábado, será o dia da Partilha onde oito missionárias e missionários entre leigos, padres e religiosas darão testemunhos de vivência na Ásia, África e América.

Domingo será o dia do Envio missionário. Depois do encontro com Jesus ressuscitado no caminho os congressistas à exemplo dos discípulos, partem para anunciar a Boa-Nova.


Segundo padre Daniel Lagni, diretor das Pontifícias Obras Missionárias -POM e presidente executivo do 2º Congresso, o objetivo geral é “assumir a nossa ‘natureza missionária’, guiados pelo Espírito, a serviço do Reino, à luz do Documento de Aparecida, em vista do CAM 3–Comla 8. A expectativa é de que a Igreja no Brasil, que tanto recebeu desperte para enviar discípulos missionários além fronteiras”, disse.

Durante os dias do congresso, famílias de Aparecida e Guaratinguetá hospedam os missionários e missionárias que chegam de todo o Brasil.

O 1° CMN foi realizado em Belo Horizonte, em junho de 2003, como preparação para o Cam 2 – Comla 7, celebrado na Guatelmala em novembro daquele mesmo ano.

A programação do evento encontra-se no site: http://www.revistamissoes.org.br/

Nenhum comentário: